Como estou dirigindo?

IBFTO 3 de maio de 2014 0
Como estou dirigindo?

Essas provações são para mostrar que a fé que vocês têm é verdadeira. (1Pe 1.7a)

Por ser onisciente, Deus sabia que Abraão iria à terra de Moriá, subiria a montanha, levaria com ele seu único filho (o filho da promessa), a faca, o fogo, a lenha, e lá em cima ofereceria tranquilamente o menino em sacrifício, na certeza de que o Senhor o ressuscitaria (Gn 22.1; Hb 11.17). Então, por que Deus pôs Abraão à prova?

Deus sabia de antemão que Jó não negaria a sua fé mesmo se fosse submetido a duras provações, uma atrás da outra (Jó 1.22; 2.10). Então, por que Deus pôs Jó à prova?
O Senhor pôs ambos à prova para mostrar a eles mesmos, aos seus familiares e amigos, e a todas as gerações seguintes e até à presente geração, que Abraão tinha um pós-doutorado em fé e Jó tinha um pós-doutorado em resistência ao sofrimento. Imagine se a humanidade não conhecesse a fibra desses dois homens!

Na maior parte das vezes, nós mesmos não nos conhecemos como deveríamos. Pode ser que façamos de nós mesmos um juízo muito bom que não confere com a realidade. Quando somos postos à prova, Deus mostra a verdade tanto para nós mesmos quanto para os outros – se fomos aprovados ou reprovados. “Assim como o ouro e a prata são provados pelo fogo, o bom nome de uma pessoa pode ser posto à prova” (Pv 27.21). O livro de Provérbios diz também que, mediante as provas a que são submetidas, “é o Senhor Deus quem mostra o que as pessoas realmente são” (Pv 17.3).

Parece que Pedro quer levar o povo de Deus espalhado por essa região a fazer a célebre oração do salmista: “Ó Deus, examina-me e conhece o meu coração! Prova-me e conhece os meus pensamentos. Vê se há em mim algum pecado e guia-me pelo caminho eterno” (Sl 139.23-24)

– É muito melhor ser avaliado por Deus do que por nós mesmos e pelos outros!

Retirado de Refeições Diárias com os Discípulos. Editora Ultimato.

 

Deixe seu Comentário »