Nesse ponto da história

IBFTO 21 de abril de 2014 0
Nesse ponto da história

Acreditamos que a morte de Cristo é exatamente o ponto da história em que algo absolutamente inimaginável vindo de fora, se revela ao nosso próprio mundo.

E, se não conseguimos visualizar nem mesmo os átomos dos quais o nosso mundo é construído, é claro que não seremos capazes de compreender isso. Com efeito, se pudéssemos compreender este grande evento de forma completa, ele não seria tão grande quanto parece: tão inimaginável, tão “incriado”, tão estranho à natureza, caindo sobre a terra como um raio.

Você pode se perguntar que benefício isso pode nos trazer se não compreendemos este grande evento. Mas a resposta é fácil. Uma pessoa pode jantar sem entender exatamente de que forma a comida o alimenta. Uma pessoa pode aceitar o que Cristo fez por ela sem saber como isso se processa — na verdade, ela certamente não saberá como isso funciona até que tenha aceitado o fato.

Aprendemos que Cristo foi morto por nós, que a sua morte lavou os nossos pecados e que, morrendo, ele venceu a morte. Essa é a fórmula. Eis aí o verdadeiro cristianismo. É nisso que temos de acreditar.

Retirado de Um Ano com C. S. Lewis, Editora Ultimato.

Deixe seu Comentário »