Por que Cristo morreu?

IBFTO 14 de abril de 2014 0
Por que Cristo morreu?

“Senhor Jesus, não peço por outra recompensa, por outra bênção ou por outra alegria a não ser a de poder entender tuas palavras, inspiradas pelo Espírito Santo. Que possa entendê-las de forma pura, sem me deixar confundir por falsas especulações.”  [Johannes Scotus Eriugena]

Meditação

“Pois também Cristo morreu, uma única vez, pelos pecados, o justo pelos injustos, para conduzir-vos a Deus; morto, sim, na carne, mas vivificado no espírito” (I Pe. 3:18).

A cruz precisa ser interpretada e compreendida. Por que Cristo morreu? Esta foi uma das perguntas mais importantes para a igreja primitiva. Ela precisava explicar-se a si mesma. Em que sentido ela era única, diferente? Por que seguia um Senhor morto vergonhosamente, tratado como criminoso, inimigo da religião? Não era uma tarefa fácil, exigia história e teologia. A igreja aplicou-se a olhar para a história, a compreender a obra de Cristo no contexto do propósito redentor de Deus. Mergulhou também na teologia, não para ganhar mais um título de mestre ou doutor, mas para discernir os mistérios de Deus.

Pedro foi um destes teólogos. Sua carta revela o quanto ele se aplicou a compreender os mistérios de Deus. É ele quem afirma que Cristo morreu para nos conduzir a Deus, o justo que é feito pecado em nosso lugar, morre na carne, mas prova o poder da ressurreição. Teologia é tornar Deus mais claro, mais compreensível. É nos tornar sábios para a salvação, é nos conduzir a Deus. Esta continua sendo a tarefa da igreja e da teologia, explicar a cruz. Torná-la clara, compreensível, apontar, através dela, o caminho da reconciliação.

O que a teologia significa para você? Um meio de complicar a Bíblia, uma disciplina exclusiva dos pastores, filosofia inútil? Para que a teologia serve?

Intercessão

Ore por aqueles que se dedicam ao estudo, à compreensão das Escrituras, ao discernimento dos mistérios de Deus. Ore para que sejam ministros do evangelho e não bajuladores do seu próprio ego.

Hino

Deus lá do céu, mandou seu Filho
Prá nos salvar, morreu na cruz.
E o sepulcro, onde foi deixado,
Está vazio e prova que vive Jesus.
Vejo o amanhã, porque Cristo vive.
Posso confiar, em vez de temer.
O meu futuro, em tuas mãos eu tenho.
A vida tem sentido, pois vive Jesus.
Um dia eu vou, cruzar o rio.
Irei morar, num céu de luz.
Então ali, em plena glória,
Vitorioso vive e reina o meu Jesus.

Oração

Dá-nos a graça Senhor de sermos ministros da tua Palavra, de torná-la conhecida pelas crianças e pelos velhos, pelos jovens e adultos. Livra-nos da preguiça intelectual, da dependência infantil, das respostas mágicas, da manipulação da verdade. Permita que sejamos fieis despenseiros da graça, mordomos leais dos tesouros do teu amor. Dá-nos desejo por ti, por tua santa palavra e ilumina-nos no discernimento do teu propósito. Amém.

Retirado de Para Celebrar a Páscoa – Meditação e Liturgia, Ricardo Barbosa. Editora Ultimato. Baixe o seu exemplar e espalhe essa boa notícia.

Deixe seu Comentário »