Entendendo o mal

IBFTO 22 de março de 2014 0
Entendendo o mal

Lembre-se que, como eu disse, a direção certa não leva somente à paz, mas também ao conhecimento.

Quando uma pessoa está melhorando, entende com uma clareza cada vez maior o mal que ainda está nela. Quando está piorando, entende cada vez menos a sua própria maldade.

Uma pessoa moderadamente má sabe que não é muito boa: uma pessoa totalmente má acha-se muito boa. Eis aí o verdadeiro senso comum. Você pode refletir sobre o sono quando está acordado, mas não enquanto estiver dormindo. Poderá identificar os erros da aritmética quando a sua mente está trabalhando de forma adequada; quando estiver fazendo cálculos errados, não conseguirá enxergá-los. Poderá entender a natureza da embriaguez quando estiver sóbrio, mas não, enquanto bêbado.

As pessoas boas conhecem tanto o bem quanto o mal. As pessoas más não conhecem nenhum dos dois.

Retirado de Um Ano com C. S. Lewis, Editora Ultimato.

Deixe seu Comentário »