Jesus, o controvertido

IBFTO 25 de fevereiro de 2014 0

Outros diziam: “Ele é o Messias”. E ainda outros: “Mas ele não pode ser! O Messias virá da Galileia?”. [João 7.41, BV]

Cada um dava o seu palpite a respeito de Jesus. O Evangelho Segundo João registra que havia muita gente comentando sobre ele: alguns diziam que ele era bom e outros que não era (Jo 7.12). Alguns diziam que ele não era diplomado em coisa alguma e outros se diziam espantados com o conhecimento dele: “Como é que sabe tanto sem ter estudado?” (Jo 7.15). Alguns diziam que Jesus tinha demônio (Jo 7.20) e outros que ele era o Messias esperado (Jo 1.41; 7.41). Alguns diziam que ele enganava o povo (Jo 7.12) e outros que ele fazia milagres insuperáveis (Jo 7.31). Alguns diziam que Jesus falava como ninguém (Jo 7.46) e outros queixavam-se da liberdade que ele tinha de falar em público (Jo 7.26).

A confusão em torno de Jesus era enorme. Quando ele disse que iria ficar com o povo “só mais um pouco”, a elite religiosa perguntou-se: “Para onde será que ele vai? Será que ele vai morar com os judeus que moram no estrangeiro?” (Jo 7.35, NTLH).

A verdade é que “o povo se dividiu por causa dele” (Jo 7.43). Os prós e os contras quanto à pessoa de Jesus continuam até hoje.

— Estive confuso. Não estou mais! Jesus é o Cristo prometido desde Gênesis!

Retirado de Refeições Diárias com Jesus. Editora Ultimato.

Deixe seu Comentário »